Primeiros medidores eletrônicos de velocidade são instalados em Goiânia

Esquina da Avenida 85 com a T-9 é o primeiro ponto a receber os equipamentos. Em até 4 meses, todas as 643 faixas estarão montadas e prontas para operar

A empresa gaúcha Eliseu Kopp (Ltda) instalou na tarde desta terça-feira, 20, os primeiros equipamentos de medição eletrônica de velocidade da capital. O secretário municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT), Fernando Santana, acompanhou o início do cumprimento da primeira fase de instalação de 215, das 643 faixas previstas no total. Essa primeira ordem de serviço deverá ser concluída no final de julho.

Outras três ordens de serviço serão liberadas nos próximos meses e a previsão é concluir até o final de setembro. O funcionamento, entretanto, dependerá da energização e também do aferimento pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). “O funcionamento será gradativo e, após o término da instalação, dependerá da Celg e do Inmetro, que prometem nos ajudar no processo de agilizar o início das operações”, destaca o gestor do projeto, Marcos Silva.

Na ocasião, o secretário destacou que o objetivo da prefeitura é melhorar a segurança da população. “O prefeito Iris Rezende determinou a adoção de uma política que preserve a vida e promova a paz no trânsito”, enfatiza Fernando.

Fernando Santana disse ainda que os novos equipamentos dão um salto de tecnologia em relação aos anteriores e vão ajudar a SMT na melhora da fluidez do trânsito. ‘Os equipamentos vão enviar um relatório online com os dados de fluxo de veículos, o que vai permitir detectar mudanças nas vias, aumento do tempo semafórico’, diz.

Os novos medidores serão capazes, também, de fazer a leitura de placas e, após acessar o sistema do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran), detectar se o veículo é roubado, por exemplo.

Após a instalação no Corredor 85, os corredores da Avenida Universitária e T-63 serão os próximos. “São três frentes de serviço trabalhando principalmente no período da noite para diminuir os impactos no trânsito”, conclui Santana.

Antônio Bento, da Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Foto: Paulo José

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *