Semana do Meio Ambiente tem início na Vila Ambiental

Programação que celebra Dia Mundial do Meio Ambiente é voltada para alunos da rede municipal de ensino

A Prefeitura de Goiânia abriu na manhã desta segunda-feira, 5, a “Mostra de Ações Ambientais Macaco Prego”, na Vila Ambiental, localizada no Parque Areião. Cerca de 100 alunos da rede municipal de ensino participaram das ações, que integram a Semana do Meio Ambiente e as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado hoje, dia 5 de junho.

A programação inclui palestra, apresentações de músicas, exposições de materiais recicláveis, teatro de fantoche e trilhas ecológicas, que têm como foco a preservação dos recursos naturais existentes na Capital. Os alunos também participam de oficinas pedagógicas nas casas temáticas, que abordam sobre a água, fauna, flora, aquecimento global e o excesso de lixo.

“É muito importante a parceria entre SME e Amma para o município de Goiânia. Torço para que haja mais parcerias, também com a iniciativa privada, com o objetivo de implantar projetos em outros parques da cidade. Usar o parque para caminhada e diversão é bom, mas o princípio do meio ambiente é preservar e para isso temos que passar essa mensagem para as crianças”, ressaltou Richard Nixon, diretor de Gestão Ambiental da Amma.

Todas as nossas ações que envolvem o meio ambiente são colocadas em um blog e o trabalho com a sustentabilidade é realizado desde o início do ano. É muito oportuna a participação dos alunos na semana e aproveitamos o dia para conversar com os educandos, pois eles ficam ainda mais envolvidos”, afirmou Carla Paula Posse, professora da Escola Municipal Benedita Luiza da Silva de Miranda.

Semana
A Semana do Meio Ambiente prossegue até sexta-feira, das 8h às 17h. A equipe de educação ambiental é formada por profissionais da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) e Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME). O macaco-prego é o tema principal das oficinas de educação ambiental.

De acordo com a coordenadora pedagógica da Vila Ambiental, Maria Letícia Barbosa, as atividades buscam a integração do homem com a natureza e o despertar da urgente necessidade de assumir atitudes frente aos problemas relacionados ao nosso meio ambiente. “Os conhecimentos podem motivar mudanças nas atitudes dos alunos e comunidades participantes”, destacou.

Daniela Rezende, da editoria de Educação e Esporte

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *