Obras de recapeamento asfáltico continuam em ruas de Goiânia

Avenida Edmundo Pinheiro de Abreu, no Setor Pedro Ludovico, começa a receber nova malha asfáltica

As obras de recapeamento, iniciadas nas ruas do Parque Amazônia, região Sul de Goiânia, têm continuidade agora na Avenida Edmundo Pinheiro de Abreu, no Setor Pedro Ludovico. A pista, também conhecida como 5ª Radial, que liga o Setor Bela Vista ao Setor Pedro Ludovico, terá sua malha asfáltica totalmente substituída.

As ações fazem parte do programa de trabalho da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra) que vai beneficiar 14 ruas e avenidas de seis bairros diferentes da Capital. Em meados de maio, a Avenida Feira de Santana, no Parque Amazônia, foi toda recapeada e outras ruas do setor também estão tendo o asfato refeito.

Ao todo, de acordo com o titular da Seinfra, Fernando Cozzetti, 23 km de asfalto receberão o recapeamento. ‘Todo o asfalto antigo está sendo substituído por uma nova camada asfáltica, a fim de se corrigir as distorções da via e permitir maior segurança para os motoristas que por lá trafegam’, afirma. A Seinfra está finalizando o tabalho de revitalização asfáltica também na Avenida José de Rodrigues Moraes Neto, em torno da Praça do Parque Amazônia. A conclusão das obras no bairro deve ocorrer nesta quarta-feira, 7.

Desde que cessou o período chuvoso, a gestão do prefeito Iris Rezende tem feito uma série de intervenções e está retomando obras que estavam paralisadas desde a gestão passada. A rotatória na confluência da Avenida Oeste e Rua 74, no Centro, é um exemplo. Paralisada desde outubro do ano passado, a obra foi retomada e está praticamente concluída, restando apenas a sinalização horizontal, que contará com cinco faixas de pedestres. A pavimentação da Avenida Barbosa Rodrigues (continuação da Avenida Pio Correia), no Jardim Mariliza, também foi iniciada e deve ser entregue em breve. Paralelamente às obras de receapeamento, a Seinfra continua desenvolvendo o trabalho de tapa-buracos em diversos pontos de Goiânia.

Cloves Reges, da Diretoria de Jornalismo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *