Mutirão: sessenta agentes de Saúde realizam ações de combate ao Aedes

Equipe da Secretaria Municipal de Saúde visitará imóveis da região Norte, alvo do 1º Mutirão da Prefeitura, para conversar com a população, identificar criadouros e eliminar os focos do mosquito Aedes aegypti

Como parte da agenda do 1° Mutirão da Prefeitura de Goiânia, que ocorre neste fim de semana, sábado, 3, e domingo, 4, no Parque das Flores, 60 agentes de saúde realizam ações de combate ao Aedes aegypti na região Norte da Capital. A equipe da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) visitará imóveis do bairro para conversar com a população, identificar criadouros e eliminar os focos do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

De acordo com o superintendente de Vigilância em Saúde, Robson de Azevedo, as pessoas poderão tirar dúvidas e aprender os cuidados que devem ser tomados para evitar a proliferação do Aedes aegypti. O mosquito se reproduz em ambientes onde há água acumulada, por isso é importante que haja conscientização dos moradores para a limpeza e manutenção dos espaços onde ele possa se reproduzir.

Durante todo o Mutirão, a Diretoria de Vigilância em Zoonoses vai contar com stand onde deve ser feito trabalho educativo com os moradores. No local, será montado uma espécie de laboratório. Larvas e mosquitos Aedes aegypti serão expostos para conscientizar a população. Além de esclarecer sobre o Aedes, o espaço também alertará sobre a importância do controle de outros animais como pombos, ratos e escorpiões.

Além dos 62.920 casos de dengue e registro de quatorze óbitos, foram notificados no ano passado em Goiânia 8.708 casos de Zika – 333 confirmados em gestantes – e 90 notificações de Chikungunya. Para denunciar locais com criadouros do mosquito, a população pode entrar em contato com a Diretoria de Vigilância em Zoonoses por meio dos telefones do “Disque Aedes”, 3524-3125 ou 3524-3131.

Serviço
Intensificação do Combate ao Aedes no 1° Mutirão da Prefeitura de Goiânia
Data: 03 de junho de 2017
Local: Parque das Flores – Região Norte

Letícia Cabral e Jhessyka Monteiro da editoria de Saúde
Foto: Anna Lúcia Almeida

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *