Teste do ponto eletrônico facial da Saúde de Goiânia já está em fase final

Ciams Novo Horizonte foi a unidade escolhida para a experimentação da tecnologia. Após isso, a previsão é de que o sistema seja instalado em todos os Cais da Capital

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec), está finalizando o teste do ponto eletrônico por meio do reconhecimento facial na área da Saúde. O mecanismo de identificação já está sendo utilizado no Centro Integrado de Assistência Médico Sanitária (Ciams) do Setor Novo Horizonte, na região Sudoeste da Capital. O objetivo da ferramenta, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), é monitorar e supervisionar a frequência de médicos e funcionários nas unidades de Saúde.

Segundo o titular da Sedetec, Macxwell Novais Ferreira, o sistema de registro vai informar, em tempo real, quais médicos estão presentes nas unidades, além de enviar para o correio eletrônico de todos os servidores o comprovante instantâneo de frequência.

“Vamos finalizar até o fim deste mês o teste na unidade do Novo Horizonte. Em seguida, após comprovação eficiente do uso da ferramenta, levaremos a tecnologia para outras unidades de Saúde”, explica o secretário.

Todos os 12 Centros de Atendimento Integral à Saúde (Cais) receberão a tecnologia de reconhecimento fácil para os servidores. O mecanismo vai permitir que o servidor tenha controle da sua carga horária. Além disso, facilitará a organização e transparência da escala de médicos nas unidades, com transparência e qualidade no atendimento à população.

Diego Reis, da Diretoria de Jornalismo – Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *