Prefeitura de Goiânia conclui tratamento de resíduos hospitalares

Atual gestão encontrou o Aterro Sanitário com mais de 200 toneladas de Resíduos Sólidos de Saúde acumulados

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), finalizou o tratamento, coleta e destinação final dos Resíduos Sólidos dos Serviços de Saúde (RSSS) que estavam acumulados no galpão do Aterro Sanitário da Capital.

Em janeiro, a prefeitura recebeu o aterro com mais de 200 toneladas de resíduos armazenados no Aterro Sanitário de Goiânia. De imediato o prefeito Iris Rezende determinou a retirada e tratamento de todo material acumulado. De acordo com o presidente da Comurg, Denes Pereira, os servidores não realizavam o tratamento há quatro meses. ‘Pelo acúmulo de resíduos, o serviço, tão essencial para a cidade, não era executado desde agosto do ano passado. Agora, após intenso trabalho, o serviço foi finalizado’, afirma.

Desde o final do ano de 2015 a Comurg vem deixando de fazer a coleta dos Resíduos Sólidos de Saúde das unidades particulares de Goiânia, atendendo somente as unidades municipais, como Cais, PSF’s, Maternidades e afins.

Recentemente, em conversa com a titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Fátima Mrue, ficou acertado que a pasta ficará responsável por selecionar uma empresa que fará coleta e tratamento dos RSSS, podendo a Comurg ser responsável apenas pela gestão do local para destinação final.

Hacksa Oliveira, da editoria de Urbanização – Secretaria Municipal de Comunicação

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *