Secretário Marcelo Costa recebe representantes do Sintego

Encontro foi marcado pelo diálogo aberto e avanço nas negociações com a categoria

O secretário de Educação e Esporte de Goiânia, Marcelo Costa, recebeu nesta terça-feira, 2, na sede da secretaria, representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego) para mais uma reunião de negociação com a categoria. Na ocasião, o titular da pasta salientou que a Prefeitura de Goiânia, mesmo com o atual contexto de restrição orçamentária, está trabalhando para garantir os compromissos com a valorização da Educação.

“Apesar do cenário atual, a gestão municipal está fazendo o possível para garantir qualidade na Educação e melhorias nas unidades. Além disso, estamos mantendo o diálogo aberto para que possamos avançar cada vez mais”, ressaltou.

Entre os compromissos cumpridos e mantidos está o chamamento de 2.078 aprovados no concurso público; o pagamento do piso salarial nacional dos professores; o repasse direto para instituições no valor de R$ 5 milhões para manutenções; a data-base dos administrativos, que será concedida retroativamente a janeiro desde ano; além da formação de comissões para discussões permanentes sobre carreira e benefícios aos servidores dentro que é legalmente estabelecido.

Greve

Deflagrada pelo Sindicato Municipal dos Servidores em Educação de Goiânia (Simsed) no último dia 11, a greve está, hoje, com 8% de adesão das escolas e centros municipais de Educação Infantil (Cmei). Em decisão liminar, o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) determinou a suspensão do movimento, sob pena de multa diária de R$ 100 mil e também com previsão de outras sanções administrativas.

De acordo com o secretário, a ação judicial visa resguardar o direito à Educação – considerado um serviço essencial à sociedade – e evitar prejuízos aos cidadãos que dependem do atendimento prestado pela rede pública municipal de educação. “As negociações com a categoria estão abertas e o diálogo tem sido constante desde o início da gestão. É necessário que o Ministério Público ouça todas as representações sindicais juntamente com a SME”, ressaltou Marcelo Costa

Lívia Máximo, da editoria de Educação e Esporte – Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *