SMS regulariza distribuição de insulinas na Capital

A prefeitura adquiriu 26 mil doses dos tipos Lantus e Apidra, que já estão disponíveis na Farmácia de Insumos e Medicamentos Especiais

Cinco mil e duzentas doses de insulinas Lantus e Apidra foram distribuídas pela Prefeitura de Goiânia no primeiro dia de reabastecimento da Farmácia de Insumos e Medicamentos Especiais, unidade da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) localizada na Vila Viana. Os refis foram entregues aos cerca de 913 pacientes cadastrados para recebimento ou que impetraram ação judicial até 2015. Ao todo, chegaram ao estoque municipal 26 mil doses, 14 mil do tipo Lantus e 12 mil Apidra.

As distribuições das insulinas especiais foram retomadas na terça-feira, 25, logo após a entrega da carga pelo fornecedor. De acordo com a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, a prefeitura tem programada a aquisição de 52 mil doses, volume suficiente para quatro meses. Haverá entrega de nova remessa ainda este mês. ‘Temos certa dificuldade quanto aos fornecedores da Lantus, já que só há um fornecedor dessa insulina aqui na região e somente um fabricante desse medicamento no Brasil. Por isso, programamos o estoque para um intervalo de tempo maior’, explica a secretária.

Ao todo, dois mil pacientes recebem tipos especiais de insulina, que custam, por mês, R$ 600 mil à prefeitura. Embora tenha ocorrido a falta temporária das insulinas especiais, a Secretaria Municipal de Saúde manteve durante todo este tempo estoque suficiente de insulina NPH, regular (distribuída pelo Ministério da Saúde) para atender todos os pacientes que fazem uso do medicamento. Também esteve à disposição da população o análogo de insulina Levemir, que tem ação lenta semelhante à insulina Lantus.

Com a normalização do estoque, segundo a farmacêutica que coordena a Farmácia de Insumos, Raquel Alves, só nesta quarta-feira, 26, 563 pacientes receberam insulina na unidade. “ Até agora foram distribuídas 2.880 Lantus e 2.400 Apidra”, ressalta a farmacêutica.

A SMS Goiânia reafirma o compromisso tanto com a promoção quanto no tratamento do diabetes e esclarece que os pacientes cadastrados para receber as insulinas especiais foram devidamente atendidos nos meses de fevereiro e março. Somente abril estava em aberto.

Leticia Cabral, da editoria de Saúde – Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *