Gestão da Saúde em Goiânia é marcada por iniciativas pioneiras

Fátima Mrué afirma que pretende resolver principais questões da saúde pública em Goiânia com tranquilidade e trabalho em equipe

Os primeiros cem dias de gestão na Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia foram marcados por iniciativas pioneiras e de finalidade única, melhorar a qualidade da assistência para os usuários do SUS em Goiânia. Um dos principais objetivos do prefeito Iris Rezende neste mandato é garantir o atendimento de urgência e emergência em todas as unidades 24 horas da Capital. Para tanto, a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, já deu início à abertura do processo de licitação para reabrir o Ciams Urias Magalhães e retomar o serviço de urgência no Ciams Novo Horizonte, ambos fechados desde 2013.

Outra medida importante para a melhoria desse serviço é a abertura de um edital de chamamento para credenciamento médico, de todas as especialidades, para prestação de serviço complementar junto à Rede Municipal de Saúde. O novo edital atende às recentes instruções normativas do Tribunal de Conta dos Municípios de Goiás (TCM-GO), que regularizam esse tipo de contrato.

A Central de Regulação também já iniciou modificações que visam otimizar o fluxo de comunicação com os prestadores de leitos e com as unidades solicitantes de vagas, por meio de informatização de todo o sistema. Os principais benefícios da mudança serão maior agilidade na busca de vagas de internação, seja em ambiente de enfermaria ou com necessidade de cuidados intensivos, e mais transparência a todo o processo.

Estão, ainda, em andamento o projeto de criação de um posto de atendimento médico para os servidores do Paço Municipal; e um projeto de mudança da sede do Samu com vistas à redução de despesas – uma vez que o prédio atual é alugado, e melhor adequação aos regimentos da Vigilância Sanitária. Além disso, o levantamento da situação estrutural dos Cais e Ciams vai permitir reformas e reparos emergenciais nas unidades com necessidades mais imediatas.

Fátima Mrué afirma que pretende resolver as principais questões da saúde pública em Goiânia com tranquilidade e trabalho em equipe, sempre em busca do atendimento de qualidade ao paciente. Os seus planos de gestão visam “transformar todas as unidades de saúde em unidades acreditadas, com qualidade, com organização, onde os profissionais se sintam bem em trabalhar, que os pacientes saiam satisfeitos e deem o retorno de como se sentem”.

Mayara Chagas, da editoria de Saúde – Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)
Foto: Anna Lúcia Almeida

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *