Gestantes do Bolsa Família recebem repelentes gratuitamente

Somente gestantes que estão em dia com o cadastro do Programa Bolsa Família terão direito a esses produtos

As gestantes que são beneficiárias do Programa Bolsa Família vão receber repelentes de forma gratuita. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) entregou 1.800 frascos para os Distritos Sanitários, que, por sua vez, devem começar a distribuição para as unidades de saúde que atendem essas gestantes, a partir desta semana.

Cada paciente terá acesso a dois frascos do repelente por mês. No entanto, somente gestantes que estão em dia com o cadastro do Programa Bolsa Família terão direito a esses produtos.

Prevenção

Os repelentes são eficazes para reforçar a proteção contra o mosquito Aedes aegypti. Principalmente, para mulheres durante a gravidez, já que, além da Dengue e da Chikungunya, o mosquito também transmite o vírus Zika que pode causar microcefalia nos bebês. É essencial que as gestantes adotem também outras medidas que possam evitar o contato com o Aedes, como manter portas e janelas fechadas ou com telas protetoras e usar calça e camisa de manga comprida.

Outra ação importante para o combate ao mosquito é a eliminação de recipientes que acumulem água parada. Locais como pratos com vasos de planta, lixeiras, baldes, ralos, calhas, garrafas, pneus e até brinquedos podem ser usados pelas larvas do mosquito para se proliferarem.

 Bolsa Família

O programa busca garantir as famílias de baixa renda o direito à alimentação, educação e saúde. O objetivo do programa é alcançar a parte da população que é constituída por famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Para se candidatar no programa, é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com seus dados atualizados há menos de 2 anos. A família que não está inscrita no Cadastro Único e atenda aos requisitos de renda deve procurar um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) ou um Núcleo de Assistência Social (NAS) do município e solicitar o cadastramento.

É imprescindível manter os dados sempre atualizados, informando à prefeitura qualquer mudança, como de endereço e telefone de contato e modificações na constituição de sua família, como nascimento, morte, casamento, separação, adoção, etc.

Jhessyka Monteiro, da Editoria de Saúde – Secretaria Municipal de Comunicação (Secom)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *